À procura de um banco, Pimentel apela para os chineses

Fernando Pimental conseguiu suspender uma liminar do Tribunal de Contas de Minas Gerais e desbloquear uma operação de crédito de R$ 2 bilhões para o governo estadual.

Mesmo assim, o petista tem encontrado dificuldade para ter dinheiro emprestado no fim do seu mandato.

Há grande insegurança jurídica em torno de uma ação desse tipo e os bancos temem que a operação venha a ser contestada pelo Ministério Público ou mesmo pelo próximo governo, já que Pimentel não pediu autorização da Assembleia.

O Antagonista soube que nos últimos dias o governador sentou para negociar com um banco chinês, que não topou o acordo.

Fonte: O Antagonista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *