Aneel revisa tarifas da Cemig e aumento para consumidor residencial será de 18%

Para indústrias e grandes empresas, o reajuste vai ser de mais de 35%; as novas tarifas passam a valer a partir do dia 28 de maio.

Por MG1

22/05/2018 11h36 Atualizado há 3 horas

Conta de luz fica mais cara a partir do dia 28 de maio

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou, nesta terça-feira (22), um aumento de 18,53% na tarifa de consumidor residencial para clientes da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). Esta revisão do valor passa a valer em 28 de maio.

Ainda segundo a Aneel, o aumento médio para indústrias, centros comerciais e grandes empresas deve ser de 35,5%. A companhia atende a 8,3 milhões de consumidores em 774 cidades do estado.

Apesar de contar a partir do dia 28 de maio, o consumidor vai ter a percepção do aumento a partir das contas de junho, que são pagas em julho, porque depende do ciclo de leitura de cada consumidor. Cada casa, empresa ou indústria conta como um consumidor.

A revisão da tarifa da Cemig é feita a cada cinco anos. Anualmente, também é feito um reajuste, calculado com base na inflação, que não é considerado revisão.

Segundo a Aneel, a revisão é um processo que avalia questões como compra e custo de energia e transmissão, além de outros fatores do setor energético.

Leia mais: Nota à Imprensa – Alta nas contas de energia elétrica

Fonte: Portal G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *