Cemig, operações decisivas

Curiosamente, a direção da Cemig está empenhada em duas operações, de certa maneira, divergentes. Uma delas é vender parte de seus ativos a fim de fazer caixa para saldar compromissos urgentes e reduzir o endividamento, que atualmente é de R$15,2 bilhões. Vai colocar à venda a Gasmig, a Cemig Telecom, 8% que tem na Hidrelétrica de Santo Antônio, em Rondônia e parte das linhas de transmissão. ao mesmo tempo, pretende aumentar sua participação na Light com a compra das ações do BTG Pactual e reaver a concessão das hidrelétricas de São Simão, Jaguara e Miranda. Vende de um lado e mantém haveres de outro.

Fonte: Mário Fontana – Estado de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *