Decreto do governador prejudica os Bombeiro Militares e a população de Minas Gerais

O deputado Sargento Rodrigues apresentou requerimento, na tarde desta quarta-feira, 17/5/2017, na Comissão de Administração Pública, para que seja realizada audiência pública para discutir a infraestrutura logística do Estado de Minas Gerais, com a finalidade de instruir o Projeto de Lei que tramita na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), tendo em vista o Decreto nº 47.182 de 8 de maio de 2017 que dispõe sobre o Comando de Aviação do Estado.

O decreto transferiu um conjunto de bens destinados a atividades de atenção à saúde, à defesa social e ao socorrimento público, entre eles os helicópteros Helibras de prefixos PP-BBM e PR-BOA, a uma nova estrutura administrativa criada no âmbito da Polícia Militar de Minas Gerais.
Mesmo depois que o deputado Sargento Rodrigues solicitou, por duas vezes, que a votação do requerimento ocorresse hoje, o deputado Ulysses Gomes, do PT, pediu o adiamento da votação para a próxima quarta-feira, 24/5/2017, às 14h30min.

“Faço um apelo a todos os bombeiros militares para que venham fardados para o Plenarinho II, na próxima quarta-feira, 24/5/2017, às 14h30min, e os que já são reformados que venham com a camisa vermelha do bombeiro. Também convido os nossos policiais militares que apoiam esta causa. A manobra que o Governo fez prejudica a todos porque quando retira os helicópteros que foram comprados com o dinheiro do fundo estadual da saúde, para que o bombeiro faça o resgate, salvamento e socorrimento, amanhã qualquer pessoa pode ser vítima e precisar desse socorro, mas infelizmente houve esse grave erro do Governo. Nós queremos a união de todos na causa dos bombeiros militares para que não retirem suas atribuições e prejudique toda a população mineira”, ressaltou o deputado Sargento Rodrigues.

Fonte: Site do Deputado Sargento Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *