Dinheiro voa

Com dois jatinhos de propriedade do Governo de Minas Gerais, o governador Fernando Pimentel se entregou às asas da Líder Táxi Aéreo para voos oficiais, os quais não quis detalhar custos – que para estes casos são milionários. O Learjet 35 A, prefixo PT-LGW, está ‘hangarado’ no aeroporto da Pampulha, com documentação em dia pela ANAC e sem uso. Já o Citation PT-MGS continua em manutenção, há meses, em Jundiaí (SP), e com documentação vencida na agência de Aviação. Ambos os jatos confortáveis, para até sete passageiros e com potencial autonomia para voos nacionais.

Ssssss

Procurada por duas vezes, a assessoria do Governo não informou dados do contrato com a Líder nem os custos de fretamento do jato Premier em que Pimentel tem voado.

Teco-teco

Não bastasse os custos de pilotos do Governo sem trabalho, diante do voo terceirizado, o Estado tem parcelado em até três vezes os salários dos funcionários, e com atraso.

 

Fonte/íntegra: Coluna Esplanada, jornal Hoje em Dia

Deixe uma resposta