Diretor do hospital João-XXII denuncia situação precária do Pronto-Socorro

Reportagem da rádio Itatiaia revela que o hospital de Pronto-Socorro João-XXII está agonizando, sem dinheiro, sem equipamentos e com servidores recebendo em três parcelas há quase dois anos. No próximo dia 9 de novembro, os médicos da unidade devem paralisar as atividades, quando pretendem suspender as cirurgias eletivas e atender apenas as urgências e emergências. Novas paralisações devem ocorrer até o governo de Fernando Pimentel negociar com a categoria. O assunto também foi tema do programa Conversa de Redação nesta sexta-feira (27/10).

Confira a entrevista do diretor-clínico do HPS, Marcelo Girundi

 

Confira o programa Conversa com Redação

Fonte: Itatiaia 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *