Empreendedores digitais repudiam ação do governo e cobram retorno do Seed

A comunidade San Pedro Valley, formada por mais de 300 empreendedores de startups da Região Metropolitana de Belo Horizonte, divulgou nota de repúdio à tentativa do governo Fernando Pimentel de incorporar a comunidade ou promover seu aparelhamento com entidade pública. Os empreendedores cobram a retomada do Star-ups and Entrepreneurship Ecosystem Development (Seed), programa de apoio a empresas de inovação tecnológica criado em 2013 e que foi interrompido por Pimentel.

Na nota, a comunidade cobra também novas políticas públicas que incentivem o empreendedorismo e a inovação tecnológica em Minas Gerais, que até agora não foram apresentadas pela atual gestão, respeito e diálogo com os empreendedores da área.

Para o líder do bloco Verdade e Coerência, deputado Gustavo Corrêa (DEM), o despreparo do governo petista fica evidente. “Com o Seed, Minas foi considerada destaque nacional no fomento de novas startups. Além de paralisar o desenvolvimento, o governo de Pimentel tenta sugerir retrocessos. Destruíram uma iniciativa de sucesso sem ter a menor noção do que Minas precisa nessa área”, disse.

Leia a nota divulgada pela comunidade San Pedro Valley:

http://www.sanpedrovalley.org/nota-de-esclarecimento-do-san-pedro-valley/

Nota de Esclarecimento do San Pedro Valley

nota spv

Leia mais: Estado de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *