Ministro de Saúde responsabiliza governo de Minas

Em entrevista à rádio Itatiaia, o ministro da Saúde Ricardo Barros responsabilizou o governo de Fernando Pimentel pelas mortes de pessoas vítimas da febre amarela. O ministro garante que o governo federal cumpriu todos as suas obrigações e que os recursos repassados ao estado não foram entregues aos municípios, o que teria provocado um desequilíbrio nas ações de saúde. “O governo de Minas não tem repassado os recursos que nós disponibilizamos para os municípios, nem para os hospitais. E também não está aplicando os 12% que a Constituição determina para ser aplicado em saúde, e sim apenas 3%. Isso está causando um grande desequilíbrio nas contas”, afirmou.

Confira a matéria no play abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *