Pimentel usa policiais do batalhão de choque para evitar cumprimento de mandados judiciais

Os deputados Sargento Rodrigues e João Leite, do bloco de oposição na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, entregaram Ofício ao Superintendente Regional da Polícia Federal de Minas Gerais, Sérgio Barbosa Menezes, nesta sexta-feira (5/2), solicitando que seja realizada investigação para apurar denúncias de que o governador Fernando Pimentel está escalando policiais militares para fazer sua segurança e de sua esposa Carolina de Oliveira Pimentel.

Segundo informações recebidas pelos parlamentares, desde os dias 24 e 25 de janeiro, o chefe de Gabinete Militar, Coronel PM Hebert Figueiró de Lourdes, emitiu ordem para que o Comando do Batalhão de Polícia de Choque (BpChoque) escalasse diariamente 23 policiais militares, aproximadamente, para fazer a guarda e a segurança do governador e de sua esposa, nos Palácios da Liberdade e Mangabeiras.

O chefe de Segurança dos palácios, o Major PM Gibran Maciel da Silva repassou a ordem para os oficiais que comandam os pelotões de choque com o intuito de retardar a atuação da Polícia Federal no cumprimento de eventuais mandados judiciais naqueles locais, sendo certo que Pimentel e sua esposa são investigados na operação Acrônimo, fato amplamente divulgado pela mídia.
Para o deputado, a denúncia é grave e se comprovada sua motivação pessoal ficará evidente a utilização do aparato estatal da Polícia Militar para obstruir as investigações da Polícia Federal em cumprimento de ordens judiciais contra o governador e sua esposa, uma afronta ao artigo 9º da Lei 8.429 – Lei de Improbidade Administrativa.

“O governador do Estado possui um batalhão para fazer sua guarda e de sua esposa e, ainda assim, determinou mais 23 policiais militares do batalhão de choque para reforçar sua segurança. Enquanto isso, os moradores do Aglomerado da Serra contam com apenas dois policiais militares por turno na Aisp”, destacou o Sargento Rodrigues.

Os parlamentares também protocolaram denúncia na Promotoria de Justiça Especializada na Defesa do Patrimônio Público

Fonte: Site Deputado Sargento Rodrigues

Leia mais: Oposição quer investigar reforço na segurança de Pimentel/Radar online – Veja

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *