Servidores estaduais da saúde fazem manifestação em Belo Horizonte

Servidores estaduais da saúde fizeram na manhã desta quinta-feira (21) uma manifestação por vias de Belo Horizonte. Funcionários estão em greve desde a última segunda-feira (18) e pedem o pagamento do 13º salário para toda a categoria.Trabalhadores se reuniram em frente ao Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), na Rua da Bahia, onde seria realizada uma reunião com representantes do governo do estado. O encontro, no entanto, foi adiado para esta sexta-feira (22).

De acordo com o diretor executivo do Sindicato Único dos Trabalhadores dos Trabalhadores da Saúde de Minas Gerais (Sind-Saúde-MG), Erico Colen, todos os funcionários da Fundação Ezequiel Dias (Funed-MG) estão paralisados nesta quinta. Ele afirmou que o sindicato reivindica o pagamento do 13º salário para toda a categoria. O governo de Minas já anunciou datas de pagamentos para as polícias Civil e Militar, agentes penitenciários, bombeiros e servidores da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig). A primeira parcela será paga no próximo sábado (23) e a segunda, no dia 19 de janeiro.

Os funcionários da Fhemig se reuniram nesta manhã com o presidente da instituição, segundo a Associação Sindical dos Trabalhadores em Hospitais em Minas Gerais (Asthemg). Eles reivindicam uma resposta do governo sobre o escalonamento dos salários e reclamam a falta de infraestrutura da fundação.

Houve protesto também em frente ao Hospital João XXIII, no bairro Santa Efigênia, na Região Centro-Sul da capital.

Em nota conjunta, o PSDB e o PP, os dois últimos partidos que governaram o estado, informaram que entregaram Minas Gerais em situação de equilibrio e que pagavam os salários dos servidores todo mês no quinto dia útil e o 13º em dia.

Fonte: G1 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *